Game Retro – 50 Consoles que Joguei #3 (Nintendo, o início de uma era)

      Quando escutamos o nome Nintendo lembramos da empresa que definitivamente mudou o rumo dos games na década de 80 e é sinônimo de tecnologia e diversão nesta área. O que a maioria dos jogadores não imagina é que a Nintendo é uma empresa centenária fundada em meados de 1889. Como assim! Videogames não existiam nesta época?! Pois é, a Nintendo foi fundada em 23 de setembro de 1889 com o nome Nintendo Koppai para produzir Hanafuda, um tipo de jogo de cartas que acabou ficando popular no Japão. Ou seja, o negócio da Nintendo sempre foi game e entretenimento e o processo de evolução da empresa acabou conduzindo a mesma aos games eletrônicos que conhecemos nos dias atuais e respeitamos. A empresa ao longo dos anos foi sendo alavancada e nunca perdeu o foco raiz que é o entretenimento.

      Em 1970, jogos eletrônicos como o lendário Space Invaders e Pong iniciavam a era dos games. O sucesso destes games, sobre tudo nos EUA, despertou o interesse da Nintendo que logo tratou de fechar uma parceria com a empresa Magnavox para criar uma versão do Odyssey, console que falaremos em outra edição. O negócio com a Magnavox não foi bem, mais a Nintendo foi em frente. Seguindo o conselho de Masayuki Uemura, um verdadeiro guru dos negócios da Nintendo, Hiroshi Yamauchi decidiu investir no desenvolvimento de consoles mais atraentes e, por meio de uma parceria com a Mitsubishi, lançou o Color-TV Game, uma série de adaptações do jogo Pong. Assim em 1977 a Nintendo de fato iniciou sua história no mundo dos games.

      Estas máquinas chamadas de Color-TV Game, que eram versões portáteis para jogar em casa, reproduziam os jogos Arcade populares da época. Cinco desses consoles foram produzidos entre 1977 e 1980, e apesar de nunca terem sido lançados fora do Japão, provaram ser um sucesso surpresa para a empresa de Quioto.

      Consegui adquirir 3 destes raríssimos consoles em leilões para colecionadores que rolam no Ebay sob a organização de um vendedor de consoles raros no Japão. São estes; o TV Game 15, TV Racing 112 e o Color TV Block Kusure que é meu predileto.

      O primeiro console desta leva de PONG’s da Nintendo foi o Color TV Game 6 lançado em 1977. Era um clone do que já se tinha no mercado, foi construída em parceria com a Mitsubishi e vendeu em torno de 350.000 unidades, quando em 1978 foi seguido do TV Game 15 que era mais barato, maior e melhor, vendendo 700.000 unidades.

Foto 1- 

TV Game 15 – Coleção pessoal Rodrigo Ciarlini

 

 

Na sequencia a Nintendo lançou o TV Racing 112 desta vez deixando Light Tennis para trás para um jogo de condução que o fez esquivando o próximo tráfego. Tinha o controlador – um volante e uma caixa de velocidades – literalmente incorporado na própria máquina, e se você acha que era uma idéia estúpida, levante-o com o lendário criador de Mario e Zelda, Shigeru Miyamoto, que ajudou a projetar o invólucro do hardware.

Foto 2-

TV Racing 112 – Coleção pessoal Rodrigo Ciarlini

 

 

Já em  1979, a Nintendo lançou o Color TV Block Kusure, que foi outro clone de um título existente, desta vez do jogo arcade Breakout. Miyamoto voltou a ser responsável pelo design externo do hardware, que é notável por ser também a primeira máquina de videojogos que a Nintendo projetou e construiu inteiramente por conta própria, ou seja, desta vez sem a ajudinha da Mitsubishi.

Foto 3-

Color TV Block Kusure – Coleção pessoal Rodrigo Ciarlini

 

 

 

Apesar do sucesso de vendas estes consoles se tornaram raros pois só foram vendidos no Japão. Alguns itens como o Color TV Game 6 já foram vendidos por USD $ 3000.

      A história da Nintendo nos mostra duas coisas importantes; primeiro, não se constrói uma empresa sólida de sucesso sem uma longa história de empreendedorismo e dedicação a um segmento específico, e, segundo, parece que todo mundo imitou a Atari pelo menos uma vez na vida.

Rodrigo Ciarlini

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry