O CANTO DE RETORNO DO CAVALEIRO NEGRO (Leonardo Silva)

 

Sou um homem de espadas

Que luta por amor

Cujas missões ousadas

Sempre aceitas e nunca negadas

São cumpridas com certo ardor

 

O teu coração

Ó idílica menina

Eis a minha mais nobre missão

Quisera roubá-lo para mim

E tê-la assim, em meus abraços

E deliciar-me em tua paixão

Unindo-me a ti

Em eternos laços.

 

Erguerei  a minha espada justiceira

Extirparei a maldade crescente

E em você, jovem ninfeta

Ter-te-ei corpo e alma

Ardente.

 

E vitorioso, retornarei a tua videira

Beberei dos teus beijos

Me entregarei assim

Meu doce querubim

Aos  teus mais sublimes desejos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry